symbicort inhaler side effects

symbicort

prednisolon 25 mg

prednisolon

missed abortion

abortion clinics in pittsburgh read

ventolin side effects

ventolin over the counter uk dogancoruh.com

buy abortion pill cvs

buy ru486 abortion pill online

naltrexone implant reviews

naltrexone reviews

otc asthma inhaler canada

over the counter asthma inhalers

abortion information

buy abortion pill

 

 

PRODUÇÃO AGRÍCOLA

COMPOSIÇÃO DA CANA-DE-AÇÚCAR

 

PROCESSO AGRÍCOLA

 

PREPARO DE SOLO

Amostra de solo

Realizadas com o objetivo de monitorar as características químicas do solo, através de análises laboratoriais, visando a recomendação do uso de fertilizantes e corretivos nas áreas de implantação, reforma e soqueiras da cana-de-açúcar.

 

Aberturas de Trincheiras 

 Realizado para a verificação da compactação do solo.

 

Aplicação de corretivos

Calcário: corrigir a acidez do solo e suprir a necessidade de cálcio e magnésio;

Gesso: condicionar o subsolo a suprir a necessidade de cálcio e enxofre;

Fosfato: Suprir a necessidade de fosfato.

 

 

Gradagem pesada: Destruir plantas invasoras, incorporar ao solo restos culturais e descompactar camadas superficiais do solo;

Gradagem intermediária: Complementação, corte e incorporação de restos culturais remanescentes da gradagem pesada;

Subsolagem: Promove a descompactação do solo, favorecendo a capacidade de infiltração da água e o desenvolvimento do sistema radicular da cana-de-açúcar.

 

Construção ou reforma de terraços: conserva o solo através da contenção e condução de águas pluviais, evitando possíveis danos causados por erosões.

 

Colheita de Mudas

 

 Plantio Mecanizado

 

Nivelamento do solo

 

Formação da Lavoura

 

Fitossanidade

A cana-de-açúcar é atacada por cerca de 80 pragas, porém, pequeno número causam prejuízos a cultura. Dependendo da espécie da praga presente no local, bem como do nível populacional dessa espécie, as pragas de solo podem provocar importantes prejuízos a cana-de-açúcar, com reduções significativas nas produtividades agrícola e industrial dessa cultura.

Dentre as principais pragas, destaca-se:

Nematóides: São parasitas de plantas responsáveis por uma parcela significativa de perdas provocadas pela destruição do sistema radicular. Controlados com aplicação de nematicidas no solo, no momento do plantio.

 

Cupins: Insetos de hábitos subterrâneos. Alimentam-se de matéria orgânica morta ou em decomposição e vegetais vivos. Controle realizado com aplicação de inseticida.

 

Besouro Migdolus: Ataca e destroí o sistema radicular.

Controle Mecânico: Destruição do canavial;

Controle Químico: Aplicação de inseticidas;

Controle Cultural: Uso de armadilhas com feromônio sintético.

 

Broca: As larvas penetram o colmo, perfurando-o na região nodal, cavam galerias onde permanecem até o estado adulto, mariposas.

Os prejuízos decorrentes do ataque são:

- Perda de peso;

- Morte de algumas plantas;

- Queda do colmo na região da galeria;

- Redução na quantidade de caldo;

- Podridão-fusarium e podridão vermelha.

O controle mais eficiente é o biológico, através de inimigos naturais que são liberados no campo (Cotesia flavipes) vespas.

 

Tratos culturais

Aplicação de vinhaça

Com elevados teores de potássio, água e outros nutrientes, é utilizada na irrigação para fertilizar o solo.

 

Aplicação de torta de filtro

Muito rica em fósforo a torta é utilizada como adubo.

 

Aplicação de Herbicida

 

Colheita Mecanizada

 

Transporte e pesagem da cana

 

 
 
 
Usina São Fernando Açúcar e Álcool - © 2018 / Desenvolvido por: G3C Consulting.
Sede na Rodovia MS – 379 (Sentido Laguna Carapã) - CEP: 79843-000 - Dourados - MS - Brasil
Telefone: (67) 3420-1500